• DAMOL MOLAS
  • OG INFORMÁTICA Assistência Técnica
  • DAMOL MOLAS
  • DAMOL MOLAS

Professores da rede municipal de Tabira mantêm estado de greve

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014
 Os professores da rede municipal de Tabira decidiram em assembleia nesta quarta-feira continuar em estado de greve. A paralisação, que havia começado no dia 5 de fevereiro, foi suspensa em 10 de fevereiro.
Cerca de 50 professores da rede municipal, reunidos em assembleia no Plenário Luiz Gonzaga de Oliveira Campos, na Câmara Municipal de Vereadores de Tabira, decidiram discutir as propostas para o repasse do Piso Nacional de 8,32% já neste mês de fevereiro, retroativo a janeiro deste ano; o aumento de um terço de aulas atividades para os professores I; a redução de 10h/a para os professores II e o não desconto das faltas referentes aos três dias de paralisação.
A Secretária de Educação, Aracelis Batista esteve participando da reunião acompanhada da Secretária Adjunta, Cida Souza, das Diretoras de Ensino e Financeira, Jacyra Ramos e Lúcia Santos, respectivamente. Elas apresentaram as propostas do governo municipal, que foram: repassar o Piso Nacional de 8,32% já agora em fevereiro e não descontar os três dias de faltas na paralisação.
De acordo com a Comissão de Base do Sindicato Único dos Profissionais do Magistério Público das Redes Municipais de Ensino do Estado de Pernambuco (SINDUPROM), os objetivos foram conseguidos. “Houve avanços significativos no que diz respeito ao pagamento do reajuste salarial retroativo a janeiro/14 a ser pago em fevereiro, pois, até então, o mesmo estava previsto para o mês de março/14. Outro ponto muito discutido entre categoria e governo foi o não desconto dos três dias parados”, afirma membro.
A assembleia prosseguiu discutindo e ao final aprovou os indicativos de continuarem lutando para o aumento de um terço de aulas atividades. Por unanimidade, os professores I anunciaram que não irão vivenciar as quinze horas/aulas atividades nas Escolas, enquanto os docentes II não vivenciaram  as dez horas/aulas atividades. Elas ainda sugerem o corte de quinze horas/aulas das coordenadoras pedagógicas. O SINDUPROM quer uma nova reunião com o Poder Executivo de Tabira para retomar a negociação no dia 12 de março.
 TabiraHoje com fotos de Nêgo de Ana.

1 comentários:

Postar um comentário

 
Blog Diário de Tabira. © 2013 | Traduzido Por: Template Para Blogspot